Rondonistas da UNINTER recebem certificados do Ministério da Defesa

No dia 19 de agosto, a equipe de rondonistas, do Centro Universitário Internacional UNINTER, participou de uma cerimônia realizada no campus 13 de maio, que teve como objetivo reconhecer e agradecer os esforços dos envolvidos na operação Bororos, do Projeto Rondon.

Realizada em julho deste ano no município de Diamantino, estado de Mato Grosso, a operação contou com a participação de professores e alunos, sob a supervisão da Coordenação de Extensão e Assuntos Comunitários.

O evento contou com a presença do pró-reitor de pós-graduação, pesquisa e extensão, professor Neri dos Santos, da coordenadora de extensão e assuntos comunitários, professora Cláudia Patrícia Garcia Pampolini, do coordenador da equipe rondonista, professor Fernando Eduardo Kerschbaumer, e do responsável pelo Projeto Rondon na UNINTER, Celso Giancarlo Duarte de Mazo.

Durante o evento, o pró-reitor, Neri dos Santos, falou sobre a importância do Projeto Rondon como instrumento de promoção de valores éticos e de cidadania, reforçou a importância da participação dos alunos na iniciativa e ainda contou sua experiência de rondonista. Ele também entregou aos alunos presentes os certificados, emitidos pelo Ministério da Defesa e pela Coordenação de Extensão e Assuntos Comunitários.

Na sequência, Cláudia Pampolini agradeceu pelos esforços de todos os envolvidos, em especial ao professor Fernando Eduardo Kerschbaumer, já que sua atuação como coordenador da equipe reflete o sucesso alcançado no desenvolvimento das ações propostas pelo projeto.

Alunos de graduação, que tenham interesse em participar desta experiência, devem ficar atentos à divulgação do próximo processo de seleção.

 

 

Coordenadora do SIANEE apresenta palestra no I Seminário de Professores e Intérpretes de Libras

No final de julho, foi realizado o I Seminário de Professores de Libras e Intérpretes de Libras do Instituto Federal do Paraná (IFPR). A coordenadora do Serviço de Inclusão e Atendimento aos Alunos com Necessidades Educacionais Especiais (SIANEE), do Centro Universitário Internacional UNINTER, professora Leomar Marchesini, foi convidada a compor a mesa de abertura do evento, junto com os representantes da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos, da Universidade Federal do Paraná e da Volvo.

A professora ministrou a palestra de abertura do evento, falando sobre o atendimento educacional especial aos alunos surdos na UNINTER e do trabalho dos tradutores e intérpretes de libras na Instituição.

O encontro, contou com a presença de professores, surdos e intérpretes, que segundo a professora Leomar receberam com entusiasmo as informações da política de atendimento da UNINTER.

O SIANEE também disponibilizou dois tradutores intérpretes de libras, Joseli Rosalina Simões e Priscila Mara Simões, para o seminário.

 

UNINTER participa da V Banarroz em Jacinto Machado (SC)

Representantes do polo de Sombrio (SC), do Centro Universitário Internacional UNINTER, prestigiaram o lançamento do livro Redescobrindo os Sabores da Banarroz, realizado na cidade de Jacinto Machado (SC).

A obra é fruto de uma pesquisa acadêmica de alunos do curso de Pedagogia e foi inspirada em uma feira tradicional da região.

Para a divulgação do livro de receitas, os representantes do polo de Sombrio e do Núcleo de Apoio e Captação da UNINTER em Jacinto Machado, levaram para a quinta edição da feira Banarroz um estande com decoração típica e aperitivos feitos à base de banana

Segundo a coordenadora do polo, Valdete Homem, o trabalho é um diferencial da instituição, que visa reforçar a cultura local, “ e ao mesmo tempo, inserir o aluno na própria comunidade, para que ele colabore com o desenvolvimento do município em que vive”.